HOME | VOLTAR PARA A PÁG. 1

VEJA ALGUMAS FOTOS CURIOSAS

PÁGINA 2

NOTA: Esta página e seu conteúdo será transferida para o site WWW.FALHADELES.COM

|A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M| N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z |

VIVO
(Junho/2005)

ERRO 1:   Na última propaganda da Vivo, o mapa do Brasil atrás da apresentadora está sem o estado de Tocantins. (Contribuição de Salmo Melo - Campo Maior / Piauí - Fã de Carteirinha)

EMBRATEL
(Dezembro/2004)

ERRO 1:   No comercial da Embratel, atualmente veiculado, quando aparecem os nomes das cidades para onde estão sendo feitas as ligações, aparece a cidade de CAIXAS DO SUL, quando o nome correto da cidade é CAXIAS DO SUL. (Contribuição de Beatriz Albrecht de Azeredo - Porto Alegre / RS - Fã de Carteirinha)

COMERCIAL DA NOVA SCHIN
(Outubro/2004)

ERRO 1:  Sobre a parte onde o rapaz diz algo para o Zeca Pagodinho, o que ele diz é incompreensivel. Se aumentarmos bem o volume, vamos perceber que a fala está de trás para frente. Separando este pedaço e tocando invertido, temos a seguinte fala: "Vê se tu bebi isso ai agora ou pego essa garrafa e envio no seu rabo. Bebe já."  (Contribuição de Luciano Sturaro)

COMERCIAL DO FIAT STILO
(Outubro/2004)

ERRO 1:  No final do comercial o ator liga para a namorada, mas a tecnologia só permite fazer e receber ligações com o aperto do botão no console. Na última cena ele faz a ligação com as duas mãos no volante, o que seria impossível visto que só funciona o comando de voz com um aperto no botão. (Contribuição de Reginaldo Junior - São Paulo / SP)

COMERCIAL DE CARRO
(Outubro/2004)

ERRO 1:  No comercial do carro, existem num jardim dois cachorros, o primeiro cava e encontra um osso, o
segundo faz o mesmo e encontra petróleo. Observe a primeira cena que sai o petróleo, pois sua direção está bem a frente do cachorro, quando muda de cena, nota-se que o cachorro mudou de lugar. (Contribuição de Maria de Fátima MR)

COMERCIAL DA CINEMARK
(Outubro/2004)

ERRO 1:  Trata-se de um desenho animado que é exibido antes do início dos filmes da rede Cinemark, em que o personagem (um cachorro) está atrasado para se encontrar com a namorada no cinema. Durante o comercial, o relógio da moça (ou melhor, da cachorra) muda do pulso direito para o esquerdo a todo momento. E, no final, simplesmente desaparece! (Contribuição de Mauricio Desiderio)

COMERCIAL DA CLARO
(Outubro/2004)

ERRO 1:  Um sujeito mostra que o Chip do celular pode ser removido e instalado em outro. Neste momento, a câmera está mostrando as mãos do rapaz segurando o Chip e o celular à certa distância, mas depois do próximo corte a distância entre as mãos segurando o Chip e o Celular está bem maior. (Contribuição de Marcelo Rodrigues da Silva - Pinhais / PR)

ENSAIO DA PAPARAZZO
(Outubro/2004)

ERRO 1:  No ensaio da atriz Natália Rodrigues no Paparazzo, exatamente fotos 4 e 7 do ensaio de n°3, percebe-se uma figura masculina escondida aparecendo na foto, tsc tsc, eles acham que estaríamos extasiados com a beleza da atriz e não perceberíamos, com certeza é um erro imperdoável para uma equipe de fotos de alto padrão! (Contribuição de José Roberto - Salvador / BA)

COMERCIAL DA NOVA SCHIN
(Outubro/2004)

ERRO 1:  No novo comercial da Nova Schin, na largada dos carrinhos, Emerson Fitipaldi está à esquerda de quem olha para a TV e Nelson Piquet está à direita. No entanto, na próxima cena já inverteram, principalmente na chegada do bar. Se a idéia era os dois chegarem empatados, não poderia então haver ultrapassagens. (Contribuição de Júlio César Onofrio)

COMERCIAL DO NOVO FORD FIESTA
(Outubro/2004)

ERRO 1: Neste comercial onde os carros andam todos de marcha-ré, existe um erro de opção. A primeira cena do carro saindo da garagem, a tomada traseira do veículo indica que ele engatou a marcha-ré, tanto que suas luzes traseiras desta marcha se ascendem, porém durante todo o resto do comercial as luzes indicativas de marcha-ré de todos os outros veículos estão desligadas. Podemos concluir que as outras imagens foram filmadas normalmente e exibidas de trás para frente. Ou os carros estão com a marcha engatada ou não, um dos dois. (Contribuição de Eliane N. Maria - Brasília / DF)

COMERCIAL DA PETROBRAS
(Outubro/2004)

ERRO 1: No comercial da Petrobras, onde os torcedores entram no porta-malas do carro para se esconderem da outra torcida, é possível perceber que não existe o encosto do banco traseiro, tanto que um dos torcedores visivelmente aparece passando do porta-malas para o banco traseiro do carro.

COMERCIAL DA DOLLY
(Agosto/2004)

ERRO 1: No comercial da Dolly, aquele loirinho em muitas vezes do comercial aparece tomando o guaraná e cantando, mas mesmo quando ele não está cantando continuamos ouvindo sua voz. (Contribuição de Sheila)

COMERCIAL DO FOX
(Agosto/2004)

ERRO 1: No novo comercial do Fox, também com a Ana Hickman, onde ela está em frente a um Fox prata e o rapaz começa a conversar com ela, a sincronia de áudio e o movimento dos lábios não é das melhores! (Contribuição de Lucas Rossato Gaioso - São José dos Campos / SP)

ERRO 2:   No finalzinho é possível ver que a motorista não é a Ana Hickmann, pois com seus 1,20 m só de pernas ela nunca entraria num carro tão pequeno. (Contribuição de Ronald Baumgarten)

COMERCIAL DA FORD
(Agosto/2004)

ERRO 1: Em um comercial da Ford, em que o rapaz acorda e olha no espelho e vê a frase "eu te adoro", ele vai até o carro e o abraça. Mas quando a cena está fechada, para pensarmos que ele fala com sua mulher, o rapaz encosta o lado direito do rosto dele, e quando abrem a imagem, o lado do rosto que está encostado no carro é o esquerdo. (Contribuição de Daniel)

COMERCIAL DA CERVEJA KAISER
(Agosto/2004)

ERRO 1: No comercial da cerveja Kaiser em referente às olimpíadas, um rapaz pede uma latinha de cerveja para uma garota numa festa, ela arremessa a latinha em direção ao olho esquerdo do rapaz onde a imagem é congelada. Porém depois do corte, a mesma garota que arremessou a latinha, está fazendo carinho no olho machucado do rapaz, só que o olho machucado não é o esquerdo, e sim o direito. (Contribuição de Sandra Barreto - Brasília / DF), (Gabriel Voigt Leandro) e ( Nair Rodrigues Resende - Criciúma /SC)

COMERCIAL DA SKOL
(Julho/2004)

ERRO 1:  Quando a mulher do rapaz joga o bolo na cara dele, para ver que a mão esquerda dele está completamente limpa, mas na continuação, quando aparece a marca da Skol e ele começa a lamber a mão, ela já está toda suja de bolo. (Contribuição de George Orrico - Itabuna / BA)

COMERCIAL DA PEPSI
(Julho/2004)

ERRO 1:  No comercial da Pepsi a pegada, o garoto pula por uma janela, mas pelo seu salto ele deveria ter caído de costas, mas na outra câmera ele aparece caindo de frente. (Contribuição de Everton Jimenes)

COMERCIAL DO PORTO SEGURO CONSÓRCIO DE IMÓVEIS
(Junho/2004)

ERRO 1:  Logo no início do comercial, aparece uma moça negra muito bonita procurando um imóvel para comprar no jornal (Seção Classificados). Ela segura o jornal dobrado, com a parte da frente escrita "Classificados" para o telespectador e lê a parte de trás, circulando um dos anúncios. O Problema é que, com o jornal dobrado, a parte de baixo do jornal fica de ponta cabeça, se a parte de cima está normal. Reparem, como alguém pode ler o jornal e ainda escolher um imóvel com a folha ao contrário? (Contribuição de Ingrid Caroline M. da Mota - São Paulo / SP)

COMERCIAL DO PROVEDOR TERRA
(Junho/2004)

ERRO 1: No comercial em que o goleiro do time de futebol está arrumando a barreira do seu time, podemos perceber que há 12 jogadores na barreira. Contando com o goleiro, o time tem 13 jogadores. Mas um time de futebol não tem 11 jogadores? (Contribuição de Felipe Ernesto - Guarulhos / SP) --> A idéia do comercial é exatamente essa, de ser exagerado, pois é o tema dos Comerciais do Provedor Terra, onde você tem muito mais. Por isso que a barreira tem mais jogadores. (Contribuição de Marcia Ter)

COMERCIAL DO ACTÍVIA DANONE
(Junho/2004)

ERRO 1: No comercial podemos perceber a falta de sincronia entre o som da voz da modelo e o movimento da sua boca. Parece mais uma dublagem mal feita. Será que é tão difícil fazer um comercial nacional? O comercial parece mais ser estrangeiro com uma dublagem ruim por cima.

COMERCIAL DO NOVO FOX
(Maio/2004)

ERRO 1: No comercial da modelo de pernas com 1.20 de comprimento, ela entra no carro vermelho no final da propaganda, e é possível ver no reflexo do pára-lama traseiro, a câmera e o operador quando a garota fecha a porta.

COMERCIAL DO MONANGE
(Abril/2004)

ERRO 1: Enquanto em um dos comerciais do xampu Monange uma mulher diz que "só o xampu Monange deixa seu cabelo com o brilho das pérolas", no outro comercial do condicionador Monange uma garota diz que "pra ter um cabelo lindo, qualquer xampu serve porque xampu só lava os cabelos"? Putz, altamente contraditório, não? (Contribuição de Luciano (vulgo Milhouse!)

COMERCIAL DO MASTERCARD
(Abril/2004)

ERRO 1: O rapaz sai de casa para recolher a correspondência e a porta se fecha, ele fica preso do lado de fora, então ele abre a carta que tem o cartão e já sai comprando feito um louco. Ele não teria que ligar pra operadora pra desbloquear o cartão primeiro? (Contribuição de Luiz Fernando Oliveira - Belo Horizonte / MG)

ERRO 2: Ele decide usar o cartão e quando entra na loja está somente com uma bermuda (ou cueca) e quando sai ele compra uma toalha (mais porque?) já que ele foi comprar roupas que comprasse uma calça logo. Quando ele sai da loja por debaixo da toalha dá para ver uma calça, no quadro seguinte ele esta só de toalha de novo, e quando parece na varanda está sem calça, e só com toalha de novo. (Contribuição de Rafael Faustino da Silva - Sorocaba / SP)

COMERCIAL DO PÃOZINHO
(Abril/2004)

ERRO 1: Naquela propaganda sobre generosidade em que uma senhora vai comprar 4 pães, mas só tem dinheiro para 3 pães, a dona da padaria entrega o saco de pães para a velha senhora que deveria conter 4 pães, mas só aparecem 3. Logo em seguida quando a senhora coloca a sacola no chão para abrir o guarda-chuvas só tem 2 pães. Então a menina coloca mais 2 e ficam 4 pães, quando pela lógica seriam 6 pães. (Contribuição de José Rey Santos Souza - Natal / RN) e (Ruben) --> Na citação acima do erro:  A mulher só tinha dinheiro para 3 pães e levou 3. Aparece 2 e a menina põe mais 2 que são 4. O correto seria 5 e não seis como descrito. (Contribuição de Antonio Sérgio Guimarâes Pinto)

O erro é bem nítido. Como é que o diretor de edição não percebe.

ERRO 2:
Você nota claramente olhando para os lábios da senhora que ela pede três pães, mas na narração da garotinha diz que ela pediu quatro pães.
(Contribuição de Heraldo Rodrigues - Belém / PA)

ERRO 3: 
A garotinha fala: Eram tempos difíceis, como se ela tivesse lembrando de algo de sua infância ou passado, mas parece que ela cresceu e sua voz continuou de criança, não entendi? (Contribuição de Heraldo Rodrigues - Belém / PA)

COMERCIAL SEDA COLOR
(Março/2004)

ERRO 1: No comercial em que a filha está dirigindo seu carro com a mãe sentada ao seu lado, um homem pára seu carro ao lado delas e entrega o cartão. Não hora que os veículos param no semáforo, o carro das moças está do lado direito do carro do homem, porém no reflexo do semáforo eles estão na mesma posição, como se a cena fosse inserida depois. O carro das garotas deveria estar do lado direito, enquanto o do homem do lado esquerdo, e não ao contrário.

COMERCIAL COCA-COLA NA MEDIDA

ERRO 1: Quando o moço da loja dá as coca-colas, uma está aberta e a outra fechada, mas depois elas aparecem abertas. (Contribuição de Rafael Morandini - Fã de Carteirinha)



COMERCIAL GUARANÁ ANTÁRTICA

ERRO 1: O garoto sai correndo da frase "Vai beber o quê?", observe que a camiseta do garoto muda quando ele cai naquela coisa. (Contribuição de Rafael Morandini - Fã de Carteirinha)

CORREÇÃO: Conforme o próprio ator que faz o papel do rapaz que sai correndo, este erro não existe. Ricardo Pepe. (Nosso grande abraço ao Ricardo, da Turma do Falha Nossa) Clique na imagem para vê-la ampliada em uma nova janela.

 

CONSÓRCIO DE IMÓVEIS DO BANCO PANAMERICANO
(Dezembro/2003)
(Contribuição de nebilo13)

ERRO 1:  O comercial é veiculado diariamente pelo SBT. Durante a primeira tomada de câmera do comercial é notado que a mão esquerda da atriz está sobre o colo dela. Em segundos, agora por outro ângulo um pouco mais distante, a mesma mão está sobre a perna dela, próxima ao joelho.

GUARANÁ KUAT
(Dezembro/2003)
(Contribuição de Silas e Heber Pandovan)

ERRO 1:  Quando Guga está jogando futebol, na hora que ele chuta a bola podemos ver ele e só mais um jogador com a mesma camisa do time. Cadê os outros jogadores do seu time?

ERRO 2: No comercial do Kuat com laranja, quando o garçom pega um Kuat na geladeira e joga, no corte da câmera ele mesmo recebe a latinha ,como ele e rápido!

TAM
(Dezembro/2003)
(Contribuição de Robson Joaquim Cabral Júnior - Ribeirão Pires - SP)

ERRO 1:  O homem que entrega a correspondência para a mulher, não dá nenhum documento para ela assinar, sendo que isso é uma obrigação da parte do funcionário para confirmar o recebimento.

CAR SYSTEM
(Dezembro/2003)
(Contribuição de Felipe Montanholi - São Vicente / SP)

ERRO 1:  No comercial da Car System aparece um carro passando pela rua, nitidamente dá para perceber no reflexo do carro a equipe de filmagem, filmando tudo na calçada.

FIAT "EU QUERO O MEU"
(Dezembro/2003)
(Contribuição de Renan - São Paulo - SP)

ERRO 1:  No comercial da promoção da Fiat "eu quero o meu", o cabelo da Carolina Dieckmann fica preso com franjas em algumas cenas e solto com franjas em outras.

GILETTE SENSOR EXCEL
(Dezembro/2003)
(Contribuição de Geraldo Bezerra da Silva Junior - São Paulo / SP)

ERRO 1:  Tem um rapaz fazendo a barba, quando ele acaba o narrador fala: Gillette Sensor Excel, tão sensível que você não vai querer parar. O cara olha pega seu cabelo quando vamos ver ele está raspando o cabelo com um barbeador, e se notarem ele já esta careca antes de passar o barbeador.

CORREIOS
(Dezembro/2003)
(Contribuição de Bruno Gonnelli - Londrina / Pr)

ERRO 1:  O erro que percebi foi no comercial dos correios, aquele que o rapaz está de pára-quedas, ele entrega o sedex e vai descendo, vai baixando, caindo e depois que a câmera volta nele, ele está mais alto do que o cara que recebeu a encomenda.

NOKIA 3586
(Outubro/2003)
(Contribuição de Silas e Heber Padovan
)

ERRO 1:  No comercial que tem as cariocas, não sei quantos mil atletas de fim de semana, não sei quantos que andam de tricicletas amarelas, podemos notar que quando a câmera vai se aproximando das garotas, não há nenhuma barraca, mas quando a câmera vira e a garota com o celular fala, vemos uma barraca atrás. Como ela apareceu lá? É mágica?

ERRO 2: Quando aparecem as meninas, percebemos uma grama que na realidade não é real, e sim computadorizada. (Contribuição de Silas e Heber Padovan)

CELULAR DO MILHÃO
(Outubro/2003)
(Contribuição de Silas e Heber Padovan
)

ERRO 1:  No comercial do celular do milhão, na troca de cena entre o vendedor e a consumidora, uma hora ela aparece com bolsa, outra hora não. (Contribuição de Silas e Heber Padovan)

ESTADÃO
(Outubro/2003)
(Contribuição de Dalton Tavares
- São Paulo / SP)

ERRO 1:  Já notaram na propaganda do Estadão onde o homem atende o telefone e finge estar falando com um cliente, quando na verdade é a mãe dele? Notem que em nenhum momento ele mexe os dedos para apertar o botão do telefone, nem para atender e nem para desligar, como consegue? Vai ter telefone automático assim lá longe! :-D (Contribuição de Dalton Tavares - São Paulo / SP)

PEPSI
(Outubro/2003)
(Contribuição de
Ysa Lopez - Porto Alegre / RS)

ERRO 1:  Não sei se este comercial ainda passa na tv. É aquela propaganda do cara que faz um culto oriental, e no final da propaganda ele amassa a latinha de pepsi com a testa. O problema é que se prestarmos atenção na outra tomada em que ele aparece cumprimentando os outros, a marca não está mais lá! Incrível! ( Contribuicão de Ysa Lopez - Porto Alegre / RS )

SONRIDOR
(Outubro/2003)
(Contribuição de
Diego Martins Araújo - Curitiba / PR)

ERRO 1:  Suzana Vieira fala para o médico que está com dor de cabeça. Imediatamente, parece prever o que ela sente, tira de seu bolso a cartelinha do comprimido Sonridor. Será que ele receita esse comprimido para todos os tipos de doenças? ( Contribuicão de Diego Martins Araújo - Curitiba / PR )

LET'S RIDER
(Outubro/2003)
(Contribuição de
Diego Martins Araújo - Curitiba / PR)

ERRO 1:  No comercial do Let's Rider a câmera só mostra os pés da pessoa. O estranho é; aonde está pendurada a câmera? Está em um lugar muito esquisito. ( Contribuicão de Diego Martins Araújo - Curitiba / PR )

LOJAS RIACHUELO
(Setembro/2003)
(Contribuição de Alessandra
)

ERRO 1:  No comercial das Lojas Riachuelo mostra as atrizes Lavinia Vlasak, Mariana Ximenez e Giovana Antonelli conversando, ate aí tudo bem, mas o mais engraçado é que Giovana está com o cabelo comprido em todo o comercial, mas quando elas usam um note book, na tela do note book aparece Giovana Antonelli com o cabelo curto!!!! ( Contribuicão de Alessandra - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha )

DETERGENTE YPÊ
(Setembro/2003)
(Contribuição de Maria Lino e Vinícius Soares Barbosa
)

ERRO 1:  No comercial do detergente, nossa gloriosa atriz Susana Vieira usa a seguinte frase: " O DETERGENTE DURA ATÉ ACABAR".... tem como durar até o meio? Tudo o que dura, dura até acabar. ( Contribuicão de Maria Lino - Fã de Carteirinha )

ERRO 2: Aparece uma mulher com dúvida em qual detergente escolher. Então aparece Susana Vieira (atriz), falando do detergente YPÊ. Quando ela vai mostrar o detergente, ela aponta para as prateleiras cheias com apenas embalagens de detergente YPE. Se nas prateleiras só tinham detergentes YPE, porque a mulher estaria com dúvida em qual escolher? ( Contribuicão de Vinícius Soares Barbosa - Bauru / SP - Fã de Carteirinha )

ERRO 3: Se o detergente Ypê é tão bom, porque as prateleiras do supermercado estão cheias do produto, deveriam estar em falta afinal, pois tudo que é bom vende mais e acaba rápido. (Contribuição de Naide Ladeira - São Paulo / SP)

NOVA SCHIN
(Setembro/2003)
(Contribuição de
Fátima e Marlon Kichel)

ERRO 1: No comercial da nova schin, observa-se na hora em que os personagens bebem a cerveja (principalmente o Zeca Pagodinho), fica bem claro que eles bebem quase toda em um só gole, mas quando colocam o copo na mesa, se vê que a cerveja foi pouco tomada. ( Contribuicão de Fátima - Fã de Carteirinha ) e (Contribuição de Silas e Heber Padovan - Fãs de Carteirinha)

ERRO 2: O primeiro sujeito que experimenta a cerveja, está com o copo cheio, e após ele experimentar, ele continua cheio. ( Contribuicão de Marlon Kichel - Curitiba / PR - Fã de Carteirinha ) e (Rodrigo)

ERRO 3: Reparem sempre nos rótulos, eles sempre "viram" para o lado a câmera. (Contribuição de Bruno Jr - Fã de Carteirinha)

ERRO 4: Quando o rapaz vai falar no ouvido de Zeca Pagodinho, podemos ver nos labios dele que ele não fala "experimenta, experimenta..", mas no final quando ele fala com Fernanda Lima, ele diz que falou essas palavras. (Contribuição de Silas e Heber Padovan - Fãs de Carteirinha) e (Angelus Emilio - Natal / RN)

ERRO 5: Repare que quando o cara que fala errado fala com o pessoal atrás, todos levantam seus copos, e todos estão cheios até a boca, puxa, ninguém tomou nenhum golinho? Ela é tão ruim assim que nem no comercial o pessoal bebe? (Contribuição de Bruno Jr - Fã de Carteirinha)

ERRO 6: No novo comercial da Nova Skin notem na tomada que o homem começa a beber. Na segunda tomada deste mesmo homem a quantidade de cerveja que tem no copo dele não coincidi com o gole que ele tomou, provavelmente o copo teria que estar quase cheio ainda e não quase vazio como mostra na cena. (Contribuição de Felipe - São Vicente / SP - Fã de Carteirinha)

ERRO 7: Sobre a parte onde o rapaz diz algo para o Zeca Pagodinho, ele diz algo incompreensivel, se prestar bastante atenção vamos ouvir que a fala está de trás para frente. Separando este pedaço e tocando invertido, temos a seguinte fala: "Vê se tu bebi isso ai agora ou pego essa garrafa e envio no seu rabo. Bebe já." (Contribuição de Luciano Sturaro)

UNIBANCO
(Julho/2003)
(Contribuição de
Wolf Kux - Belo Horizonte / MG)

ERRO:  No comercial do UNIBANCO com a Débora Bloch e o Miguel Falabella, onde acabaram de mudar para uma casa nova, e aparece o desenho animado de uma hiena.
Ela fala:  " ... e se você for trabalhar numa fábrica de dinamite e levar serviço para casa ... "
Reparem numa mesa redonda no fundo. No começo tem apenas uma caixa lá, mas quando a Débora vai buscar a agenda, ela está entulhada de caixas ...

CHAT AMIZADE DA KELLY KEY
(Julho/2003)
(Contribuição de Alessandra e Felipe - São Paulo / SP
)

ERRO:  No comercial do chat amizade com a cantora Kelly Key, nota-se claramente que quando os seguranças a tiram do camarim, dá pra ver que o aparelho de telefone que ela está segurando não possui nenhum fio ligado a parede, e pelo fato dela estar saindo do camarim, o mais provável era ela ir com um telefone sem fio.

COMERCIAL DA ADRIANA GALISTEU
(Julho/2003)
(Contribuição de
Raphael Daleffe)

ERRO:  No comercial da Adriane Galisteu, ela aparece com a flor de um lado do pescoço, na hora que inverte a posição da tomada, ela já aparece com a flor no outro lado.

COMERCIAIS ENGANOSOS

Todos os comerciais enganosos, como aqueles que mostram produtos vendidos em 10 vezes sem juros, o que sabemos que é mentira, deveriam ter sua exibição proibida.

KAISER
(Junho/2003)
(Contribuição de
Silmara Dassi Soares G. Costa - São Paulo / SP)

ERRO:  No comercial da Kaiser com Fernanda Torres, preste atenção na quantidade de cerveja do copo e da garrafa cada vez que a câmera volta para Fernanda responder se merece ou não uma Kaiser... Se a garrafa está cheia, de onde vem a cerveja que esta no copo ??? E como de um take, que achamos ser continuidade, o copo aparece cheio novamente e a garrafa cheia também...

DOLLY
(Junho/2003)
(Contribuição de
Pedro Mathers)

ERRO:  No comercial da Dolly, aquele do molequinho que o pai não quer comprar Dolly para ele, e no jantar ele não come a couve. Nesse comercial, no final, o pai aparece em um carro com uma garrafinha de Dolly na mão (detalhe: a garrafa está aberta), na cena seguinte quando ele sai do carro a garrafa está fechada, estranho não?

RANGER LIMITED
(Junho/2003)
(Contribuição de
Pedro Biasi)

ERRO:  Na propaganda da Ranger Limited, quando o pára-quedista pula do penhasco, ele está seco e cai dentro de um rio, mas quando ele vai entrar na Ranger ele está somente com uma roda de suor no meio da camiseta, que deveria estar molhada, pois ele caiu dentro de um rio.

BRASTEMP
(Junho/2003)
(Contribuição de
Pedro Biasi)

ERRO:  Na propaganda dos eletrodomésticos Brastemp, aparecem todos os modelos da fábrica e por fim eles vão saindo de cena sem ninguém empurrar, mas se você olhar na parte esquerda da geladeira mais alta, aparece um pé de alguém empurrando-a. O que não deveria acontecer.

VOLKSWAGEM
(Junho/2003)
(Contribuição de
Vanessa A. da Silva - Guarulhos / SP)

ERRO:  No comercial da moça que está tomando aula de direção. Começa com ela de de cabelo preso num rabo de cavalo, e termina com ela de cabelo solto sem ao menos ter tirado as mãos do volante.

NOKIA
(Junho/2003)
(Contribuição de Gbeeck)

ERRO 1: Sabe aquele comercial da Nokia, em que o narrador começa falando:" mulheres cariocas: 1 milhão; na praia: 200 mil ;andando de bike: 5 mil .... " e a câmera vai aumentando o zoom, ou seja, vindo do espaço, depois América do Sul, Brasil, Rio, praia, garotas. De repente, no close na garota com o celular, ela fala com um sotaque de PAULISTA carregadíssimo.

ERRO 2: Nesse comercial, podemos notar dois erros, o 1º é que, quando a camera vai se aproximando das garotas, percebemos que não há nenhuma barraca, mas já quando a camêra vira e a garota com o celular fala, vemos uma barraca atrás. Como ela apareceu lá? É mágica?

ERRO 3: O 2º é que quando aparecem as meninas, percebemos quando vai se aproximando a imagem a grama é computadorizada.(Contribuição de Angelus Emilio - Natal / RN) (Outubro/2003)

BEBIDA HULA-HULA
(Junho/2003)
(Contribuição de Fabio)

ERRO: Ele deixa duas garrafas na primeira mesa e só ficam 3 na bandeja, mas quando ele abaixa a bandeja para mostrar para a segunda mesa, aparecem 5 de novo, isto é incrível!!!

GATORADE
(Junho/2003)
(Contribuição de Guilherme Serra - Bauru / SP)

ERRO 1: No comercial há dois rapazes correndo em 2 esteiras. O erro é quando o rapaz bebe seu Gatorade. Ele toma um gole e então aparece os dois correndo, na luz ultra violeta o rapaz que toma Gatorade dá mais um gole, mas o nível da bebida é diferente. Deveria diminuir depois dos dois goles.

ERRO 2: No comercial do Gatorade, onde dois atores estão andando de bicicleta, um casal, depois de um certo tempo eles páram, e o rapaz convida outra mulher para uma "corridinha", demonstrando que Gatorade revigora as forças e tudo mais.

O erro está quando, logo no início do filme, a câmera mostra a garrafa de Gatorade presa na bicicleta e não está totalmente cheia, há um espaço vazio na garrafa. Mas quando o rapaz tira a garrafa da bicicleta e toma um gole, a garrafa está totalmente cheia do líquido! (Contribuição de Juliano Henrique Buzana - Itapira / SP)

GATORADE
(Junho/2003)
(Contribuição de Claudio Iesca Rodrigues - São Paulo / SP)

ERRO: Quando eles descem de skate, o skate é grande, mas quando eles deslizam na barra de ferro, o skate fica do tamanho normal.

BRAHMA
(Junho/2003)
(Contribuição de Claudio Iesca Rodrigues - São Paulo / SP)

ERRO: Reparem no comercial do Sol cantando e todos olhando de boca aberta para ele. Percebam que quando o Sol se aproxima do vendedor pedindo a cerveja, e ao ser atendido, a garrafa fica do tamanho da boca daquela imensa estrela. Acho que ficou mais ou menos desproporcional.

COMERCIAL DE TÊNIS MIZZUNO WAVE
(Junho/2003)
(Contribuição de Antonio Mier - São Paulo / SP) e (João Alonso)

ERRO 1: Neste comercial aparece a imagem, em close, de um bebê dormindo confortavelmente. Quando a câmera vai se afastando, podemos observar que o bebê está dormindo tranqüilamente numa espécie de mochila (tipo daquela que os índios usam para carregar seus filhos) presa às costas de uma corredora. Tudo isso para mostrar o amortecimento e o conforto do tênis usado pela atleta. A mancada está na cena quando focalizam os pés da corredora. A sombra projetada no chão, não apresenta nada preso às costas da atleta...será que a mochila ficou pelo caminho ???

PEUGEOT
(Junho/2003)
(Contribuição de
Adriano C. Borges - Betim/MG)

ERRO:  Será que o carro está devagar porque o ar condicionado está ligado ou os pingüins andam muito depressa? O comercial está um tanto sem nexo: Há pingüins nas ruas como se fossem cachorros! Tentaram copiar do criativo comercial do óleo de cozinha só que deu o contrário.

PEUGEOT
(Abril/2003)
(Contribuição de
Caio Guimarães Andrade - Ipiaú / BA)

(Contribuição de Pedro Mathers - Erros 2 e 3)

ERRO 1:  Legal aquele comercial da Peugeot que se passa na Índia, aquele que o cara amassa o carro todo, coloca um elefante pra sentar em cima, só pra deixar o carro com mais estilo. Legal mesmo. Mas o fato dele conseguir modelar os faróis do carro com um martelo e uma bunda de elefante, foi muito grosseiro.

ERRO 2: O capô é modelado pela bunda de um elefante e com batidas, mas os faróis não quebram.

ERRO 3: Agora o mais impressionante. Reparem no volante. No começo do comercial ele está no lado esquerdo, e ao final está no lado direito!!! Como ele fez isso? Com o elefante?

KODAK
(Abril/2003)
(Contribuição de
Leonardo Costa Santos - Sapucaia do Sul / RS)

ERRO 1: Na primeira vez que aparece a foto do rapaz escorregando nas pedras de uma cascata, ele está de pernas fechadas, então a cena corta para as duas mulheres, e quando aparece a foto novamente, ele está de pernas abertas. 

ERRO 2: Se você olhar com atenção na hora que a moça coloca o filme na máquina fotográfica, ela escorrega o dedo fingindo que está colocando devidamente o filme, mas podemos perceber que ela só finge, e não coloca o filme da maneira correta na máquina.

CERVEJA ANTÁRTICA
(Fevereiro/2003)
(Contribuição de
Luiz Fernando Meirelles de Aro - Bauru / SP

* Neste comercial o dono do armazém pede que o rapaz leve um copo de cerveja para o coronel.

ERRO 1:  Não seria mais fácil levar uma garrafa do que um copo? Daria muito menos trabalho.

ERRO 2: Essa cena foi excluída do comercial, mas era exibida no começo: o homem com a cerveja passando por um lago, e pior, chovendo. Nem precisa falar que aonde ele está, a chuva não é muito comum.

ERRO 3: E outra, o sujeito estava dentro do lago, só com a cabeça e a mão com o copo para fora, sem proteger a cerveja, e uma chuva caindo, é claro que entrou água ali. Acho que eles perceberam o erro que seria e consertaram a tempo, tirando essa parte do comercial.

ERRO 4: O homem com a cerveja passa por outro homem armado quando está subindo as escadas, chega perto do Coronel e bebe a cerveja. Nesse momento, o homem armado se levanta e vai ao encontro dos dois. Então percebemos que ele tem poder de prever o que está acontecendo, e levantar no momento exato que o homem começa a beber a cerveja.
 

TELESP
(Fevereiro/2003)
(Contribuição de
Luiz Fernando Meirelles de Aro - Bauru / SP

* 3º comercial da Telesp Celular com a Daniela Cicarelli:

ERRO 1:  O garoto está andando no mato, então a Daniela cai de pára-quedas. Ela cai bem pra frente dele, e do lado direito, mas no próximo corte, aparece ela caindo de novo, só que dessa vez em cima dele, e do lado esquerdo.

(Contribuição de Cláudio Iesca Rodrigues Júnior - São Paulo / SP

ERRO 2:  Quando mostra a Daniela Cicarelli caindo de pára-quedas, ela está de capacete, mas no corte seguinte da cena ela está sem o capacete. E não teria dado tempo de tirá-lo.

OLD EIGHT
(Fevereiro/2003)
(Contribuição de
Luiz Fernando Meirelles de Aro - Bauru / SP

* No comercial um rapaz está com um copo de wisky.

ERRO 1:  Quando apaga tudo, o sujeito está segurando um copo com Old Eight e começa a olhar para os lados para ver o que aconteceu, porém, no próximo corte ele está levantando o copo e um isqueiro e fala: "Opa! Tô de férias".

CORNETO DA KIBON
(Fevereiro/2003)
(Contribuição de
Caio Guimarães Andrade - Ipiaú / BA

* No comercial um rapaz pede um corneto, e até ele chegar na mão dele todos vão comendo um pedaço.

ERRO 1:  O pedaço do sorvete que é lançado para cima, não é o mesmo que é mostrado pela câmera que filma do alto.

SABONETE
(Fevereiro/2003)
(Contribuição de
Caio Guimarães Andrade - Ipiaú / BA

* No comercial de sabonete, com Giovana Antoneli e Murilo Benicio.

ERRO 1:  Quando ela venda os olhos de Murilo Benicio, aquela venda, dependendo da cena, está cobrindo uma parte maior ou menor do rosto dele.

HONDA CIVIC 2003
(Novembro/2002)
(Contribuição de Luiz Fernando Meirelles de Aro - Bauru / SP) 

* O comercial mostra o novo carro da Honda, o Civic 2003 e várias pessoas numa garagem.

ERRO 1: Podemos perceber que a perna da primeira pessoa da esquerda para a direita da tela, é visível para o dono do carro que vai averiguar o segundo barulho em sua garagem (no final do comercial). Mas ele não percebe.

APPLE
(Novembro/2002)

* O comercial da Apple mostra o novo computador com uma base arredondada e uma tela plana que se move em todas as direções. O computador é muito bonito. Ele está exposto na vitrine de uma loja quando um rapaz moreno se aproxima e começa a provocar o micro. Ele responde todas as provocações imitando tudo que o rapaz faz. Só existe um problema nisto tudo.

ERRO 1: Ele não está conectado em nenhuma tomada, não está ligado, portando não deveria funcionar. Observe na tomada de trás que não existem fios.

SABONETE PROTEX
(Novembro/2002)

* O comercial mostra uma menina fazendo uma pirueta no chão e o locutor dizendo, veja onde ela está pondo a mão.

ERRO 1: O erro está no marcador de tempo colocado no canto inferior direito da tela. Eles rebobinam a fita para ver o que aconteceu antes, mas o marcador em vez de voltar vai para a frente, e fica assim o resto do comercial inteiro.

CREDICARD
(Novembro/2002)

* O comercial mostra Giselle e Rodrigo fazendo compras e se divertindo com o cartão.

ERRO 1: O erro está no cartão dela. Observe em câmera lenta quando ela entrega seu cartão para a vendedora. O número do cartão é 0000 0000 0000 0000. Com este número quem aceitaria um cartão destes. É claro que poderiam ter usado um número falso como outros comerciais de cartão.

GILLETTE - MACH 3
(Novembro/2002)
(Contribuição de Luiz Fernando Meirelles de Aro - Bauru / SP) 

* O comercial do novo barbeador MACH 3 mostra uma rapaz se barbeando.

ERRO 1: O rapaz que usa o aparelho para se barbear não tem barba alguma. E com a velocidade com que ele se barbeia, se as lâminas estivessem novas ele teria se cortado inteiro. Será que eles acham que nós homens somos tão idiotas assim para ofender nossa inteligência com este tipo de comercial ? Quase todos os comerciais de barbeadores mostram alguém se barbeando, só que eles próprios não tem barba alguma.

REXONA
(Novembro/2002)

(Contribuição de Luiz Fernando Meirelles de Aro - Bauru / SP)
(Contribuição de Carlos Teixeira - Araçatuba / SP)

* O comercial mostra um rapaz asiático lutando com várias pessoas, e suas axilas nunca ficam suadas graças ao novo desodorante.

ERRO 1: O rapaz começa a lutar com um bandido dentro de casa e veste uma camisa cinza que fica presa nas suas costas. Depois do corte a camisa está perfeita em seu corpo.

ERRO 2: O rapaz entra no táxi e só existe o motorista, depois que ele começa a lutar aparece mais um. De onde surgiu este bandido ? --> Se prestarmos atenção perceberemos o 2º.  (Contribuição de Maysa Cabral dos Santos Luz - Brasília / DF - Fã de Carteirinha )

ERRO 3: Porque todos ficam espantados com as axilas do rapaz no restaurante ? Será que eles sabiam que ele veio brigando com um monte de bandidos no caminho ? --> Percebe-se claramente que foi o pai da moça que mandou os bandidos brigarem com o rapaz. (Contribuição de Maysa Cabral dos Santos Luz - Brasília / DF - Fã de Carteirinha )

ERRO 4: Quando o rapaz vai entrar no restaurante, ele está segurando o casaco no ombro esquerdo. Porém, quando chega na mesa, ele segura o casaco no lado direito. Como isso? (Contribuição de Renato Dall Ago - Porto Alegre / RS)

CERVEJA
(Novembro/2002)

(Contribuição de Luiz Fernando Meirelles de Aro - Bauru / SP) 

* O comercial da cerveja mostra a roupa no varal pegando a cerveja em latinha, pulando o muro e indo embora.

ERRO 1: A roupa do varal pega a cerveja em latinha e derrama dentro da gola da camisa. Mas este líquido não molha a camisa em lugar nenhum. Será que o calor era tanto que evaporou a bebida ? Fizeram até a sombra da roupa, mas esqueceram este pequeno detalhe.

BRADESCO
(Setembro/2002)

(Contribuição de Ricardo Mateus Olivi - Espirito Santo do Pinhal / SP) 

* O comercial mostra o ratinho CHIP dando o endereço virtual do banco.

ERRO 1: Durante o comercial, na parte da música, quando o ratinho está dando o endereço do site do Home Banking Bradesco, você percebe na letra está escrito www.bradesco.com.br, mas ele canta: wwwbradesco.com.br (Ele esquece o ponto entre www e bradesco)

FORD
(Novembro/2002)

* O comercial mostra o Santo "São Nunca" caindo do céu, e dizendo que agora você pode comprar seu carro Ford.

ERRO 1: Não vamos criticar a criação do comercial, até que ficou legal. Mas a aureola do Santo presa com aquela fita preta num arame colocada atrás dele, dentro do capuz, ficou realmente muito mal feita. Cadê a criação gente ? Não dava para ter feito em Computação Gráfica ?

ERROS RETIRADOS

COMERCIAL DA ULTRA FARMA
(Agosto/2004)

ERRO 1: No comercial da Ultra Farma o ator Lima Duarte está sentado decorando suas falas quando uma moça o chama e fala que tem entrega para ele. Até aí tudo bem. O rapaz entrega os remédios ao Lima Duarte e vai embora sem cobrar nada. Porém depois o ator fala: "Ultra Farma, recebo meus remédios onde eu estiver pagando muito mais barato", só que ele não paga ao entregador. (Contribuição de Pedro Henrique Caoneto Zago)

Justificativa: Os pedidos de remédios são feitos através do site da Ulrafarma via internet, e pagos por deposito bancário ou então por cartão de crédito. Sendo assim, quando o entregador chega, sua única função é entregar o pedido sem nada receber. Pois já foi pego no momento da compra via net. Minha avó só compra seus medicamentos na Ultrafarma, e sempre utilizando cartão de credito. Nunca precisou pagar nada no momento da entrega. (Contribuição de Paulo H. - Fã de Carteirinha)

VEJA ALGUMAS FOTOS CURIOSAS
Se você tiver alguma foto curiosa, mande pra gente.

Nota: Todos os comentários, fotos e materiais enviados pelos internautas são de responsabilidade exclusiva dos mesmos. Eles garantem apenas através do envio de seu e-mail, terem lido os termos de uso deste site o que isenta o Falha Nossa de qualquer ação de direito de propriedade ou outro. Se mesmo assim você ou sua empresa se sentir ofendido com o material aqui publicado e quiser colocar sua justificativa ao lado do mesmo, ou até solicitar sua retirada, poderá fazê-lo livremente, bastando apenas enviar um e-mail com identificação para comercial@falhanossa.com com suas observações, para que tomemos as medidas necessárias no intuito de proteger ou resguardar você, sua empresa ou ainda sua marca.